Como Funciona Revenda de VPS?

Possuir um servidor VPS pode lhe trazer diversos benefícios para seu negócio, e, dentre eles, saber como funciona a revenda de VPS torna-se uma ótima opção.

Aqui neste artigo eu irei lhe explicar tudo o que você precisa saber sobre como funciona a revenda de VPS. Assim você conseguirá analisar se este tipo de investimento é o ideal ou não para você. Analisando os prós e contras abaixo você poderá chegar melhor a este tipo de conclusão, acompanhe!

O que é um servidor VPS?

Antes de mais nada, é necessário que você saiba o que é um servidor VPS para então aprender sobre como funciona sua revenda. Primeiramente, sua sigla significa Virtual Private Server, ou Servidor Virtual Privado. Vamos então analisar cada uma destas partes separadamente, para que você consiga entender melhor do que se tratam.

Começando pela parte do Servidor, onde trata-se de um servidor potente e físico, além disso anda é possível fazermos um comparativo com um computador usado para armazenar todos os dados da aplicação. Tais servidores podem ser utilizados tanto em empresas, onde são mais comumente encontrados, quanto em páginas de internet. Nas empresas eles são responsáveis por conectar os computadores entre si, permitindo que eles troquem informações, já para páginas de internet eles são responsáveis por disponibilizar um bom desempenho.

Vamos agora para a parte Privada do VPS, o que quer dizer que o acesso aqui é restrito. Ou seja, diferentemente de um servidor compartilhado, aqui apenas você, ou pessoas autorizadas, podem acessar o servidor. Isso joga a favor da segurança, além de permitir que seu servidor atue somente para você, e não para várias pessoas ao mesmo tempo.

Indo agora para o nosso de Virtual, ele significa que aqui há uma virtualização através de um software. Assim sendo, é possível que hajam vários VPSs dentro a mesma máquina física.

Agora, juntando todas as letras de nosso VPS, chegamos a conclusão de que se trata de um servidor virtual hospedado em uma máquina física. Ele também permite que você hospede um site, ou até mesmo uma aplicação específica (como o sistema de sua empresa ou o server de um jogo), de acordo com suas necessidades.

Agora que já está claro para você o que é um servidor VPS, vamos então passar para a revenda de hospedagem.

O que é a revenda de hospedagem?

Uma revenda é quando você compra um determinado produto ou serviço para então revendê-lo para terceiros. Esta é uma prática bastante comum com produtos importados, mas você sabe dizer como ela funciona para o caso de hospedagens?

Quando você adquire uma hospedagem na internet é quase como se você fosse o dono de uma pequena área de terra. Assim sendo, nesta sua área você pode revender frações de sua terra para terceiros, onde você irá ajudá-las a se instalar ali, provendo todo o suporte necessário, em troca de pagamento. Basicamente, a revenda de hospedagem lhe permite fazer o mesmo, comprando serviços de hospedagens de uma determinada empresa os revendendo para seus clientes, claramente visando o lucro disto.

Inclusive, esta é uma prática bastante comum, sendo até mesmo já possuindo planos específicos em empresas de hospedagem os prevendo. Ou seja, há planos específicos justamente para quem planeja revender a hospedagem. Você ainda pode negociar não apenas a revenda da hospedagem, mas também a criação e manutenção do site de seus clientes.

Então, recapitulando aqui, uma revenda de hospedagem VPS (ou outro tipo) funciona da seguinte maneira:

  1. Você entrará em contato com o servidor principal, afim de contratar seus serviços;
  2. Dentre os serviços contratados, é necessário selecionar um plano específico para a revenda de hospedagem;
  3. A hospedagem do site é fornecida pela empresa que você contratar, porém é necessária que a marca vendida seja a sua. Ou seja, aqui torna-se necessário uma customização para que você coloque sua marca próprio em sua revenda;
  4. É necessário que você defina todos os recursos que quer, e que deseja disponibilizar para seus usuários, esta é uma excelente maneira de maximizar seus custos, dependendo do tipo de recursos que você planeje oferecer;
  5. E, por último, basta fornecer a hospedagem para seus clientes.

Como funciona um plano de revenda de hospedagem VPS?

Acima eu citei que algumas empresas oferecem planos específicos para este tipo de prática. Assim sendo, caso você opte por fazer a revenda de VPS, é necessário ir atrás de empresas que lhe ofereçam benefícios específicos para este serviço.

Dentre os recursos focados na revenda de hospedagem que incluídos pelas empresas você deve se atentar para:

customização. Isso é importante pois, quando você compra uma hospedagem para revendê-la, é importante antes que você a customize para que ela fique com “a sua cara”. Isso funciona para que você consiga deixar sua marca em toda revenda VPS que realizar, até mesmo suas faturas de cobrança para seus clientes podem ter sua marca, isso deixa tudo com um ar mais profissional.

Confira se há contas de revenda de domínios. Isso pois, é através delas que você poderá oferecer o registro de domínio para seus clientes. Juntamente a isto, verifique também se o plano da empresa lhe concede a permissão para revendas, assim você evita bastante problemas futuros.

Seus clientes terão acesso as mesmas ferramentas que você? Ferramentas como painel de controle, e-mail, ferramentas de monitoramento e script adicionais geralmente são básicas para a empresa principal, mas elas também poderão ser acessadas pelos seus clientes?

E quanto ao suporte? Qual será a extensão do suporte? Esta pergunta é importante pois, seu papel aqui é fornecer suporte para seus clientes com relação a pequenas coisas, tais como uma perda de senha ou então para configurações feitas no cPanel. Mas, para problemas maiores, você poderá ser capaz de abrir um chamado ao suporte da empresa principal, e neste caso irá agir como um intermediador entre seu cliente e a empresa que você contratou.

Como saber se a revenda de hospedagem é indicada para você

A ideia de possuir uma revenda de hospedagem certamente é atraente, mas será que este é o negócio certo para você? Bom, se você deseja ter seu próprio negócio online, então com toda certeza ela é! O investimento aqui é mais baixo do que se você optar por ter um negócio físico, onde seria necessário gastos com equipe, locação, equipamentos, etc. Mas este não é o único perfil de investidor que pode se beneficiar com a revenda de hospedagem, confira abaixo para quem mais este negócio é indicado:

Para todos aqueles que querem ter sua empresa própria na internet, e sem que com isso seja necessário ficar lidando com gerenciamento e manutenção de servidores.

Agências ou então prestadores de serviços que desejem colocar um serviço prestado a mais em seu portfólio de negócios.

Desenvolvedores e Web designers que possuam vários clientes, e queiram hospedá-los em diferentes sites, e assim estender os serviços prestados.

As vantagens da revenda

Neste ponto, você provavelmente já entende como funciona uma revenda de VPS, mas talvez ainda não esteja claro para você quais as vantagens deste negócio. Assim sendo, abaixo eu separei as principais vantagens que você encontra ao investir na revenda de VPS, acompanhe!

  • Você terá aqui sua própria empresa de hospedagem, a qual pode ser utilizada até mesmo como uma complementação a sua renda atual;
  • Dependo da empresa e do plano que você optar, o investimento inicial é relativamente baixo, com isso você tem a opção de ir o aumentando gradativamente, conforme seu negócio cresce;
  • Independente da empresa que você tiver contactado, ainda assim há a possibilidade de você customizar de modo a utilizar sua marca própria em seus negócios;
  • Você também poderá criar, para cada um de seus clientes, painéis de controlo independentes ;
  • E além do painel de controle, você também pode oferecer planos customizados para cada um de seus clientes. Isso é particularmente bom pois lhe dá uma liberdade para definir você mesmo os seus preços e lucros, mas cuidado para não abusar demais aqui;
  • E, é claro, a economia que você adquire quando comparado a um servidor físico é bem maior.

As desvantagens da revenda

Mas claro, nem tudo é um mar de rosas, e as desvantagens também existem. Abaixo eu separei as principais desvantagens que existe em uma revenda de VPS, acompanhe!

  • Basicamente, você e seus clientes estarão atados a empresa que você escolher, ou seja, caso ocorram problemas na empresa, como por exemplo o provedor oficial sair de ar, quem você acha que seus clientes irão culpar? Aqui não adianta você culpar o revendedor, será você o “vilão da história”, e que terá de lidar com as reclamações de seus clientes;
  • E por falar nas reclamações de seus clientes, tenha em mente que elas poderão vir a qualquer momento do dia, ou da noite. Caso um sistema caia as 3 da manhã, e um cliente esteja acordado justamente neste período, pode ter certeza de que você também estará acordado;
  • E na maioria dos casos você estará de mãos atadas aqui, tendo em vista que você não exerce influência sobre o provedor de hospedagem. Ou seja, um erro no provedor oficial fará com que seus clientes reclamem com você, e mesmo que você passe a reclamação adiante, na maioria dos casos o problema poderá demorar horas (ou até mesmo dias) para ser resolvido, e caberá a você transmitir esta informação nada bem vista para seus clientes. Não importa aqui de quem seja a culpa, para seus cliente ela será sempre sua;
  • Assim sendo, uma paciência de ferro, bem como uma organização de ponta, são só alguma das competências que você deverá possuir para tocar seu negócio para a frente.

Como escolher a melhor empresa para a revenda de hospedagem VPS

Escolhendo um servidor para revenda VPS

Na hora de escolher pelo melhor fornecedor, você deve levar em conta não apenas aquilo que será bom para você, mas também para seus clientes. Tenha em mente aqui que, ao menos inicialmente, seu negócio vai depender da propaganda “boca-a-boca” de seus clientes, ou seja, a satisfação deles é tudo o que você deseja atingir!

Então, para te ajudar nisso, abaixo eu separei tudo o que você deve levar em consideração na hora de escolher a melhor revenda de VPS, acompanhe!

1 – A empresa de hospedagem deve ter experiência no que faz

A primeira coisa que você deve conferir é quanto a experiência da empresa de hospedagem que você está cogitando contratar. E quando eu falo aqui em experiência, eu quero dizer que você deve investigar a fundo tudo o que puder sobre esta empresa.

Uma boa dica aqui é pesquisar sobre as reclamações a respeito dela no site Reclame Aqui. E pode acreditar, não importa o quão boa seja a empresa, você sempre encontrará reclamações contra ela. Há sempre usuários insatisfeitos com alguma coisa, cabe a você separar os casos isolados dos recorrentes antes de eventualmente fechar contrato com uma empresa.

2 – A prática de revenda de VPS é permitida?

Este é outro dado importante a ser analisado, isso pois, não importa se você encontrou a melhor empresa de todas se ela simplesmente não lhe permite revender domínios. Não é que caso a empresa não permita a revenda de domínios você estará acabado, mas você terá muito mais trabalho aqui.

Neste cenário, você acabará tendo de lidar com registros e apontamentos de DNS (onde o domínio é registrado em outra empresa e o DNS é então apontado para sua hospedagem), o que além de necessitar que você possua um certo conhecimento para isto, também acabará dificultando um pouco para seus clientes, pois muitos preferem fazer tudo no mesmo lugar.

3 – Qual as opções para sistema operacional?

Você prefere trabalhar com o sistema Linux ou Windows? Isso não importa muito, na verdade a pergunta é: seus clientes preferem trabalhar com o sistema Linux ou Windows? E sim, isto faz uma grande diferença!

Apesar de, teoricamente, o sistema Linux ser o melhor para a maioria dos casos, ainda assim você deve levar a preferência de seu cliente em consideração. Neste caso, o melhor mesmo é verificar se o a empresa que você deseja contratar possui ambos os sistemas, assim você garante para atender seu cliente e todos os demais que vierem.

4 – Não deixe de conferir o painel de controle

O Painel de controle também é importante, sendo que a maioria dos clientes possui suas preferências próprias. No caso de um sistema Linux o cPanel é o mais comum, já no Windows o Plesk costume ser o mais encontrado. Lembrando também é que através do painel de controle que você irá customizar o sistema de modo a encaixar sua própria marca aqui.

5 – Qual o espaço em disco?

Basicamente, podemos considerar este como o item mais importante a ser analisado aqui.

O espaço em disco diz respeito ao tamanho do seu negócio, isso pois, quanto maior for seu espaço em disco, mais clientes você poderá adquirir. Um exemplo simples disto é que, caso você opte por um espaço com 100 GB de armazenamento em SSD, você poderá “dividir” este espaço com quantos clientes julgar melhor. Supondo que você tenha 4 clientes, cada um terá, teoricamente, um espaço em disco de 25 GB. Entretanto, se tratando de uma revenda de VPS, é bom ter em mente que seu foco aqui será um único cliente, o qual não irá dividir seu servidor com nenhum outro.

Com isso em mente, é bom sempre ficar atento para caso seus clientes comecem a crescer, pois neste cenário eles vão precisar e requerer mais espaço, então você também precisará adquirir mais espaço para melhor atendê-los.

6 – De olho também no tráfego!

O tráfego diz respeito a todos os dados que são trocados entre os computadores de quem acessa o seu site e o servidor onde ele está hospedado. Caso você tenha clientes que não possuam tráfego intenso, não há com o que se preocupar aqui, do contrário é bom ficar atento.

Blogs ou lojas virtuais costumam receber muitos acessos, o que aumenta bastante o tráfego. Se você não quiser contar com travamentos e sites fora do ar, e com certeza a reclamação de seus clientes, é sempre bom se atentar a isso.

7 – Quantas contas de e-mail são permitidas aqui?

É possível que seu cliente queira ter várias contas de e-mail em um único domínio, neste caso, até quantas ele pode ter? Esta é outra questão que você deve levar em mente na hora de escolher a melhor empresa de revenda para VPS.

8 – Onde o Data Center está localizado?

Onde o Data Center de seu servidor está localizado? No Brasil? Fora dele?

Esta é uma pergunta que faz diferença até certo nível, isso pois, no caso de um servidor localizado no Brasil, o tempo de resposta é bem veloz, com cerca de 50 milissegundos. Ou seja, um servidor no Brasil, em qualquer local do Brasil, não será de nenhum problema para você. Já um servidor fora do Brasil, mas na região das Américas, o tempo de resposta é de cerca de 250 milissegundos, o que também não apresenta nenhum tipo de problema aqui.

O grande problema mesmo é quando nós cruzamos o mar, e vamos para os servidores na Europa ou na Ásia. Assim sendo, é sempre bom fugir de servidores que se encontram na Europa ou na Ásia.

Uma outra boa dica aqui é apostar nos Estados Unidos, pois o custo de manutenção é menor quando comparado a servidores no Brasil, isso faz com que seus preços sejam mais competitivos. Mas ao mesmo tempo é bom ficar de olho no preço do dólar, pois esta pode ser uma diferença que não se paga.

9 – Os planos de revenda são compatíveis com os principais CMSs?

Os planos CMSs ofertados são compatíveis com os mais utilizados atualmente. Seus clientes muito provavelmente irão querer utilizar Magento ou WordPress, os mais comuns atualmente. Ou seja, é necessário que a plataforma que você os forneça seja compatível.

10 – Defina sua margem de lucro

Este é outro aspecto importante, pois você deve sempre estar de olho no preço dos serviços que você deseja contratar, apenas assim você estará pronto para definir os seus próprios preços.

11 – Uma equipe de suporte 24 horas é realmente necessário!

E por último, mas de modo algum menos importante, é necessário ficar de olho quanto a equipe de suporte da empresa que você planeja contratar.

Lembre-se de que para seus clientes você será o suporte, e do mesmo modo que você deve sempre estar disponível 24 horas por dia para seus clientes, assim deve ser com a empresa que você contratar. Imagine só seus clientes te enchendo de reclamações em um final de semana, e você não podendo fazer nada pois a empresa contratada não possui uma equipe de suporte que funcione nestes dias? Pode ter certeza de que neste cenário as reclamações não irão parar de vir até você!

Para evitar este tipo de infortúnio, o melhor é optar por empresas que ofereçam uma equipe de suporte 24 horas por dia e 7 dias por semana. Mas lembrando que isto não irá sumir totalmente a reclamação de seus clientes, porém será de grande ajuda para que você não passe tanta raiva.

Agora você já sabe como funciona uma revenda de VPS!

Agora que você já sabe como funciona uma revenda de VPS, e já sabe o que deve ter em mente na hora de avaliar empresas que lhe permitem fazer isso, o próximo passo é com você. Analise se este tipo de negócio é o mais viável para você, e se for, escolhe muito bem antes de fechar negócio com qualquer empresa que seja, assim você consegue lucrar bem e ao mesmo tempo não ter muita dor de cabeça no processo!

Deixar uma resposta